sexta-feira, 17 de março de 2017

Supermarionation & Além : Parte 2 - Thunderbirds Em Ação!



Por volta de 1963, mesmo antes da série "Stingray" ser encerrada, Anderson enfrentava o dilema de criar algo novo para seu próximo programa. Leu então uma notícia sobre o desabamento de uma mina em uma pequena cidade alemã, aonde dezenas de pessoas morreram por falta de equipamentos para resgata-las. Resolveu criar uma série explorando o tema resgate e salvamento. Nos seus primeiros esboços a série se chamaria " Internacional Rescue", mas ele nunca se esqueceu de seu irmão que morreu na guerra, e que havia sido treinado em uma base aérea americana chamada "Thunderbird Fields". 



Anderson começou a filmar "Thunderbirds" em 1964. Para o produtor Lew Grade, as vendas internacionais - particularmente para o mercado dos EUA - eram uma preocupação fundamental. Assim, Thunderbirds se concentrou nos irmãos Tracy, com nomes emprestados dos astronautas norte-americanos Scott Carpenter, Virgil Grissom, Alan Shepard, John Glenn e Gordon Cooper. 




Scott e os outros eram membros da equipe Resgate Internacional, baseada em uma ilha do Pacífico Sul, e montada por seu pai, o ex-astronauta  e magnata Jeff Tracy. Assim, os irmãos, com o seu lema "Thunderbirds are go!", lutam contra incêndios em minas e campos de petróleo; enfrentam vilões em Monte Carlo; resgatam astronautas perdidos no espaço; lutam contra crocodilos gigantes, e contra a constante ameaça do vilão "The Hood", um misterioso gênio do mal que opera em um Templo malaio na selva, e quer os segredos tecnológicos da equipe. 




Em Londres eles contam com o apoio da aristocrática loira Lady Penelope (modelada e com a voz de  Sylvia Anderson) e Parker, seu fiel mordomo-e-motorista ( de um Rolls-Royce cor-de-rosa do século 21).



Na ilha também trabalham o mordomo oriental chamado Kirano, e sua bela filha chamada Tin-Tin, secretária de Jeff, que a considera como uma filha, e é apaixonada por Alan...



...além do gênio científico conhecido como Brains. O engenheiro Brains foi o responsável pelo desenho e construção da avançada base e da série de veículos futuristas conhecidos como Thunderbirds.


Os veículos são os verdadeiros astros da série:




* Thunderbird 1 : O foguete líder tripulado por Scott. Sempre o primeiro a chegar no local dos acidentes. Podia voar tanto na vertical quanto na horizontal.





* Thunderbird 2 : A nave de transporte pilotada por Virgil. O gigante dos Thunderbirds, no seu interior eram transportados diversos equipamentos sofisticados como - O veículo de resgate, uma escavadeira gigante, o Mole (uma furadeira para penetrar no solo), um guindaste móvel, um canhão Laser móvel, um tanque corta-fogo,  as Aeromotos , e muitos outros... 






* Thunderbird 3 : O foguete espacial pilotado por Alan. Utilizado nos resgates espaciais, e como transporte até a estação orbital (ver Thunderbird 5).






* Thunderbird 4 : O veloz mini-submarino pilotado por Gordon. Utilizado para as operações no mar. Saía diretamente da ilha, ou era transportado pelo Thunderbird 2.






* Thunderbird 5 : A estação espacial do Resgate Internacional, operada por John Tracy. Ficava orbitando o planeta e vigiando possíveis desastres ao redor do mundo. 



A Ilha Tracy era um espetáculo à parte. Uma mansão com piscina e palmeiras escondia no seu interior as naves, que saiam de seus hangares através de passagens secretas ao som do "Thunderbirds Theme".








A produção da série foi a mais sofisticada, cara e trabalhosa de todos os shows de Anderson. A equipe de produção era enorme, e os efeitos especiais de Derek Meddings e Brian Johnson muito detalhados e elogiados.



A série foi um sucesso na Inglaterra e foi vendida para diversos países. No Brasil, "Thunderbirds" foi lançada em 1967 pela TV Record com o nome de "Invencíveis Royal", pois era patrocinada pelo Fermento Royal e aproveitava a sigla da equipe IR (International Rescue). 
Mas, as grandes redes de televisão norte-americana ( CBS, NBC e ABC) se recusaram a comprar a série, alegando que Lew Grade estava cobrando um preço muito alto pelos direitos. Sem o mercado norte-americano o custo de produção ficou demasiado caro e assim Lew Grade achou melhor suspender a série.
O cancelamento do programa pegou Gerry de surpresa; a produtora AP Films agora se chamava Century 21 Production, e englobava a Century 21 Merchandising, Century 21 Toys e Century 21 Music... 
 Quantias enormes de dinheiro haviam sido investidas na comercialização de produtos que iam de brinquedos & lancheiras, roupas, até artigos de higiene, louças, roupas de cama, móveis, ornamentos, papelaria e alimentos.

"Thunderbirds" (1965-1966) teve 32 episódios de 50 minutos, mas renderia muito mais. A solução para uma continuidade, veio de uma proposta da produtora MGM, para a realização de um longa metragem para o cinema. Assim nasceu "Thunderbirds Are Go" (1966) de David Lane, com roteiro e co-produção de Gerry e Sylvia Anderson.


A equipe do Resgate Internacional é chamada para proteger o lançamento da nave espacial Zero X, que em sua primeira tentativa de decolagem rumo ao planeta Marte, havia sofrido sabotagem (obra do vilão The Hood, é claro...).





A nova missão é um sucesso, e a tripulação do Zero X consegue chegar ao planeta Marte...



...mas o planeta vermelho é habitado por monstruosas serpentes-ciclopes, que lançam bolas de fogo...




Os exploradores do Zero X são obrigados a efetuar uma partida prematura da superfície marciana. Quando voltam a entrar na atmosfera terrestre, problemas técnicos ameaçam o pouso e o Zero X pode cair sobre a Florida. O Resgate Internacional novamente entra em ação e Alan Tracy é colocado a bordo da nave em queda para salvar os tripulantes.




Apesar da expectativa, o longa metragem dos Thunderbirds fracassou nas bilheterias.  O casamento dos Anderson andava em uma crise crescente, e a empresa deles sofreu bastante com o cancelamento da série e o fracasso do filme. Em entrevistas posteriores, Gerry Anderson disse que considerava seriamente o divórcio nesta época, mas isso foi interrompido quando Sylvia anunciou que estava grávida. O filho deles, Gerry Anderson Jr., nasceu em julho de 1967. 

Ainda foi produzido e lançado, "Thunderbird 6" (1968) de David Lane...








Jeff Tracy pede ao inventor Brains um novo veículo para complementar a frota de Thunderbirds. Brains cria diversos modelos, mas todos são rejeitados. 






Enquanto isto, Alan, Tin-Tin, Lady Penelope e Parker estão a bordo do novo e luxuoso avião Skyship One em sua viagem inaugural. 



Um novo vilão chamado Black Phantom, tem um plano para sequestrar o avião. De dentro da aeronave, e de fora, a equipe do Resgate Internacional se esforça para impedir  o crime e um desastre.




 Quem a caba salvando o dia é Brains, pilotando um antigo biplano "Tiger Mouth", que no final acaba virando oficialmente o Thunderbird 6!



A nova aventura é bem mais modesta em nível de produção, e tende mais ao humor, colocando o nerd e gago gênio do IR no centro da ação. A bilheteria ao redor do mundo foi ainda mais baixa do que "Thunderbirds Are GO", e a família Tracy foi aposentada...


CONTINUA...





Nenhum comentário:

Postar um comentário