segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Morcegos Vampiros Dossier : Epílogo






"Morcegos são cegos, certo? Errado. Algumas espécies enxergam até dez vezes melhor que os seres humanos. No entanto, a imensa maioria vê o mundo em preto-e-branco, o que não é exatamente um problema para um animal que tem hábitos noturnos. De fato, a visão dos morcegos é perfeitamente adaptada aos ambientes com pouca luminosidade. Além disso, eles contam com uma ajudinha ainda mais sofisticada para se orientar no escuro: a ecolocalização, um sistema que funciona como um biossonar. O morcego emite ondas sonoras em freqüências inaudíveis para o ser humano que, ao encontrar um obstáculo, retornam e são captadas por seu ouvido especial. Pelo sinal reverberado, o morcego consegue medir a que distância está o objeto, qual seu tamanho, velocidade e até detalhes de sua textura."

Revista Superinteressante # 181 (Outubro de 2002)


...morcegos vampiros são uma das  armas criativas do "Abominável Dr. Phibes" (1971) 

"Bat Outta Hell"/"Nowhere Else" (2013) de Daniel Donai, 
 é um filme independente australiano, onde quatro jovens documentaristas em uma viagem pelo interior do pais,descobrem de forma trágica que um morcego gigante predador não é um mito. O diretor afirma que o filme é baseado em fatos reais...






Vernon Wells ( mais conhecido por seu papel de Wez, o motociclista maníaco de "Mad Max 2"-1981) que vive o personagem chamado Simpson fala sobre o filme:  "Eu estudei para o papel, e descobri que esses morcegos são realmente reais, eles foram avistados em muitos lugares ao redor do mundo. De fato, houve um caso no Brasil, onde uma equipe de arqueólogos metidos na selva profunda procuravam algo em uma caverna e que era cheia de morcegos;  aconteceu que, os morcegos em vez de fugirem dos seres humanos, atacaram a equipe . 



Eles foram afortunados porque tinham algumas armas com eles e conseguiram matar muitos morcegos e fugir".


"Os temidos morcegos-vampiros são pequenos – o maior deles tem apenas 10 centímetros – e vivem na América do Sul, inclusive no Brasil. Ou seja: a maioria dos morcegos come frutas e insetos e nada tem a ver com Bela Lugosi e Christopher Lee...



... Segundo explica o biólogo Marco Aurélio Ribeiro de Mello, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), duas espécies bebem exclusivamente sangue de aves: Diphylla ecaudata (morcego vampiro de pernas peludas n.r.) e Diaemus youngi (morcego vampiro de asas brancas n.r.). 




A terceira espécie – Desmodus rotundus, conhecido como morcego-vampiro comum – alimenta-se do sangue de aves e mamíferos. Ataques a seres humanos não são habituais, contudo tem havido relatos recentes de episódios assim em vilarejos remotos no Pará e no Amazonas. “São regiões onde a natureza foi drasticamente alterada."


Revista Superinteressante # 181 (Outubro de 2002)

Na série de TV "Zoo" (2015-2016), sobre um jovem cientista que investiga estranhos ataques de animais a seres humanos através do mundo, o episódio # 4 da primeira temporada foi "Bat Attack on Antarctica"- Centenas de morcegos vampiros  incomodam um casal de pesquisadoras em uma base avançada em meio ao gelo!



Episódio cheio de maluquices...morcegos não vivem no frio...morcegos não fazem ataques Kamikazes...



...e apesar de muito inteligentes, morcegos não iriam cobrir propositalmente painéis solares para acabar com a energia elétrica da estação...Ok! "it's only a movie..."



Morcegos vampiros com visual de vampiros do cinema aparecem na animação "We R Animals" (2011/2016 ?) de Thobias Hoffmén...



Um projeto de longa metragem (por enquanto existe curta de 30 minutos) ao estilo "Meet the Feebles" (1989) de Peter Jackson; com animais "fofinhos" mostrando seu lado adulto e "pervertido"...



   "Ao se alimentar de insetos (e não de sangue), os morcegos executam um serviço importantíssimo de controle de pragas agrícolas. Uma população de 20 milhões de morcegos que vivem na Caverna Bracken, no Texas, por exemplo, consome cerca de 200 toneladas de insetos todas as noites. E grande parte desses insetos são pragas agrícolas, como mariposas e lagartas, que, se não fossem devoradas pelos morcegos, teriam de ser controladas com agrotóxicos. Dependendo da espécie, um único morcego pode comer mais de mil insetos por noite."

http://ciencia.estadao.com.br/blogs/herton-escobar/morcegos-me-mordam/



Não mate Morcegos.
Deixe o controle de pragas para os especialistas.







Nenhum comentário:

Postar um comentário