quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Cine Catástrofe - Anos 2000 : Parte 1

"The Perfect Storm" (Mar em Fúria, 2000) de Wolfgang Petersen,conta as agruras da tripulação (George Clooney, Mark Wahlberg, John C.Reilly...) do barco pesqueiro Andrea Gail, para sobreviver durante um gigantesco tsunami. Baseado em um fato real acontecido em Outubro de 1991.







"Vertical Limit" (Limite Vertical, 2000) de Martin Campbell, é um drama de aventura, sobre um alpinista (Chris O'Donnell) que precisa resgatar sua irmã (Robbin Tunney) que ficou presa junto com sua equipe a quase 8.000 metros de altura na montanha K2, o segundo lugar mais alto da Terra.




A TV continuou produzindo seus pequenos disaster-movies como "On The Beach" (A Hora Final, 2000) de Russell Mulcahy, com Armand Assante e Rachel Ward, remake estendido (195 min.) e premiado (Globo de Ouro para Melhor Mini Série para a TV) do filme homônimo de 1959. A guerra nuclear entre Estados Unidos e China provoca a devastação mundial 





O canadense "Avalanche Alley" (A Fúria da Avalanche, 2001) de Paul Ziller, com Nick Mancuso, é sobre jovens que provocam uma avalanche durante uma competição de esqui. O diretor Ziller é um especialista em filmes de terror, ficção e desastre para a TV. Também com Nick Mancuso ( e produção de Roger Corman), ele rodou "Firefight" (2003), sobre um assalto durante um incêndio florestal...



 "The Core" (O Núcleo - Missão ao Centro da Terra, 2002) de Jon Amiel, mostra uma equipe que vai ao centro do planeta para detonar uma bomba e fazer com que o núcleo da Terra volte a girar. 



O núcleo parado provoca a deterioração do magnetismo do planeta e diversos fenômenos naturais desastrosos, como violentas tempestades magnéticas, ondas de calor, terremotos, etc.





Uma versão trash saiu pelas mãos da produtora Cinetel: "Scorcher" (Impacto Fulminante, 2002) de James Seale, com Mark Dacascos, Rutger Hauer e John Rhys-Davies. Aqui, são as placas tectônicas do planeta que estão mudando e criando uma pressão que pode provocar uma erupção de lava mundial. A detonação de uma bomba nuclear no sub-solo de Los Angeles é a solução...



"Atomic Twister" ( 2002) de Bill Corcoran, também feito para a TV, mostra uma série de tornados que ameaçam uma usina nuclear americana...
 

"The Day After Tomorrow"(O Dia Depois de Amanhã  2004) de Roland Emmerich, descreve o rápido aquecimento global e as mudanças climáticas com um sortimento variado de desastres, como tsunamis, tornados e ondas de frio glacial.
Dennis Quaid vive o cientista que tenta alertar o mundo sobre o desastre, e depois tem que resgatar seu filho (Jake Gyllenhaal) em uma New York congelada. 






O alemão Emmerich, que começou em seu país natal uma carreira dedicada a filmes de ficção científica inspirados por Hollywood, depois de se mudar para os EUA, se tornou uma espécie de "Irwin Allen" dos novos tempos, destruindo o mundo em produções grandiosas (e vazias) como Independence Day" (1996), "Godzilla" (1998), "The Day After Tomorrow" e "2012" (em 2009)...

O sucesso do blockbuster de Emmerich motivou a produtora picareta Nu-Image a criar uma série de filmes muito baratos explorando diversos desastres. Efeitos tacanhos em CGI, elenco barato, roteiros rápidos misturando tramas policiais e uso extensivo de stock-footage...eis a fórmula de:



"Nature Unleashed: Avalanche" (Avalanche- Enterrado Vivo!, 2004) de Mark Pope; "Nature Unleashed: Fire" (Fire: Destruição Implacável, 2004) de Allan Goldstein; "Nature Unleashed: Earthquake" (Terremoto, 2005) de Tibor Takács; "Nature Unleashed: Tornado" (Tornado, 2005) de Alain Jakubowicz; e " Nature Unleashed: Volcano" (Volcano, 2005) de Mark Roper...






...e as produções trash da Nu-Image inspiraram uma dúzia de pequenas produtoras a começarem a fazer o mesmo; são os chamados "Mockbusters"...






 O gênero voltou a super-produção com "Poseidon"  (2006) de  Wofgang Petersen ( de Mar em Fúria), um remake de "O Destino de Poseidon" (1972), que apesar de um grande desempenho nas bilheterias mundiais, foi massacrado pela crítica...com toda razão... Apesar dos efeitos grandiosos e elenco famoso (Kurt Russell, Richard Dreyfuss, Josh Lucas e até a cantora Fergie...), peca por um roteiro frouxo e de qualquer empatia com os envolvidos na tragédia - um problema comum nestas grandes produções...






Nenhum comentário:

Postar um comentário