quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Os Gatos no Terror: Parte 5 - Gatos Pretos, Vingadores, Alienígenas e Heróicos




Uma nova versão para o conto clássico de Poe apareceu em "Due Occhi Diabolici" (Dois Olhos Satânicos, Itália/USA 1990) de Dario Argento e George Romero.



 Na história dirigida por Argento, "O Gato Preto", Roderick Usher (Harvey Keitel) é um fotógrafo especializado em cenas de crimes violentos. Ele também odeia os gatos e quando sua namorada Annabelle (Madeleine Potter) adota um gato preto de rua, ele decide se livrar do bichano, com consequências trágicas e horrendas. 



A cena da descoberta do cadáver emparedado de Argento é a mais grotesca e violenta de todas as versões desta história.



Os episódios dos dois mestres do terror foram produzidos originalmente para um possível programa de TV a cabo baseado em histórias de Allan Poe. Os episódios programados para serem dirigidos por Michele Soavi, Richard Stanley, Wes Craven e outros, nunca foram produzidos.

Na antologia "Tales from the Dark Side: The Movie" (Contos da Escuridão, 1990) de John Harrison, George Romero adaptou o conto de Stephen King "Cat from Hell" para o episódio de mesmo nome. 
Drogan (William Hickey) é um milionário velho e doente que contrata um assassino (David Johansen) para uma missão bizarra: matar um gato preto! Drogan afirma que, um por um, o gato matou os outros três habitantes da casa, e que ele é o próximo. A empresa farmacêutica do Drogan havia sacrificado 5.000 gatos enquanto testava uma nova droga, e ele está convencido de que este gato preto estava ali para uma vingança. No final, o "gatinho do inferno" cumpre bem a sua missão!





 No filme televisivo "Strays" (Instinto Assassino, 1991) de John McPherson, uma família problemática se muda para uma antiga casa em um lugar isolado. Lá encontram e adotam um casal de gatos de rua. Mas logo descobrem que o local é habitado por um bando enorme de gatos , liderados por um sinistro gato macho-dominante que parece não querer os humanos em seu território. Poderia ser um bom filme, mas cenas como alguém se defendendo do gato utilizando uma pistola de água de brinquedo, anulam qualquer susto...




"Sleepwalkers" (Sonâmbulos, 1992) de Mick Garris, roteiro de Stephen King, apresenta um estranho casal (Alice Krige e Brian Krause), mãe e filho que pertencem a uma raça de seres sobrenaturais parecidos com felinos (em sua forma não humana) e que sobrevivem graças as forças vitais das garotas virgens que devoram (uma alimentação bastante rara nos dias de hoje).



Praticamente indestrutíveis e imortais, ele só temem aos gatos, os únicos que os reconhecem e podem destruí-los. Destaque entre os heróis-felinos para o gato policial Clovis!




E um novo gato-heroico apareceu na mistura de ficção científica/ação/terror " Wei Si Li Zhi Lao Mao" (The Cat, Hong Kong, 1992) de Ngai Choi Lam. A história diz respeito a três visitantes de outro sistema solar, cuja missão na terra é destruir "o assassino de estrelas", uma criatura amorfa "Lovecraftiana" que absorve e pode voltar a animar as suas vítimas. 



Um dos visitantes - um gato preto chamado General -  depois de banhado em um raio amplificado e enviado por seu planeta natal, será poderoso o suficiente para derrotar o monstro. 



A versão realizada diretamente para o vídeo da história de Edgar Allan Poe "Black Cat" (2004) de Serge Rodnunsky (ex- bailarino e coreógrafo) é mais uma tentativa fracassada de atualizar o conto. A detetive Eleanor (Shawna Erickson) investiga o caso de um homem atormentado cuja mulher e o filho adolescente, ele afirma, haviam desaparecido. Tudo leva, é claro ao gato de estimação e as obsessões do homem. Pretensioso e enfadonho...




Muito melhor é a versão realizada para a série "Masters of Horror" em 2006. "The Black Cat" (2007) de Stuart Gordon, trás Jeffrey Combs (ator fetiche do diretor desde "Re-Animator" de 1985) como o próprio Edgar Allan Poe, que está lutando para escrever uma nova história. Ele entra no limite da insanidade (e se afunda na bebida) com a morte de sua esposa Virginia (Elyse Levesque), e começa a ficar obcecado com o seu gato preto, Plutão.
















O roteiro de Gordon e Dennis Paoli, junta fatos reais da vida do escritor com o seu conto mais famoso e Jeffrey Combs está perfeito como um Poe progressivamente alucinado e sádico.






CONTINUA...

Nenhum comentário:

Postar um comentário