quarta-feira, 30 de novembro de 2016

O Rei dos Monstros - Parte 12: Shin Gojira



"Shin Gojira" (Godzilla Resurgence, 2016) de Hideaki Anno (também autor do roteiro) e Shinji Higuchi (também diretor de efeitos especiais visuais, dirigiu anteriormente as duas partes do live-action "Attack on Titan"-2015).
 Toho Pictures/Cine Bazar



* (Atenção: Contém Spoilers!)
-Enquanto a guarda costeira japonesa investiga um iate abandonado na Baía de Tóquio, algo na água ataca seu barco, e passa a se mover para o interior através dos rios.  O vice-ministro do Japão, Rando Yaguchi (Hiroki Hasegawa), está convencido de que o incidente foi causado por uma criatura viva, mas sua teoria é inicialmente descartada.  Uma criatura estranha e gigante emerge, e se move através da cidade, deixando um rastro maciço de destruição e mortes, antes de evoluir para uma criatura de pele avermelhada que retorna ao oceano.



 Yaguchi é colocado no comando de uma força-tarefa para pesquisar a criatura; os EUA enviam uma especialista, Kayoko Ann Patterson (Satomi Ishihara), que revela que um professor de zoologia desonrado, Goro Maki, estudava mutações devido à contaminação radioativa e teorizou a aparição da criatura, mas os EUA o encobriram. O iate abandonado na Baía de Tóquio tinha pertencido a Maki e ele havia deixado suas notas de investigação lá antes de desaparecer.


A criatura, agora chamada Gojira reaparece, agora com duas vezes o seu tamanho original. As Forças Japonesas de Autodefesa são mobilizadas, mas seus ataques não têm efeito sobre Gojira e sofrem grandes baixas.



 Os EUA oferecem sua intervenção em troca de acesso total ao estudo da criatura, e o governo japonês relutantemente concorda. Os bombardeiros enviados pelos EUA atacam Gojira, que ferido, responde com raios atômicos altamente destrutivos disparados de sua boca e nadadeiras dorsais. A batalha destrói uma grande parte de Tóquio, juntamente com os bombardeiros. Depois de esgotar sua energia, Gojira entra em um estado adormecido e fica imóvel.



A equipe de Yaguchi descobre que as barbatanas e o sangue de Gojira funcionam como um sistema de resfriamento, permitindo que teorizem o uso de um agente coagulante, que pode desencadear uma reação e causar o congelamento do monstro. Além disso, após a análise de amostras de tecido, eles descobrem que Gojira é capaz de sobreviver, enquanto o ar e a água estiverem disponíveis, e que a criatura é capaz de reproduzir assexuadamente.



 A ONU, chefiada pelo governo dos EUA, informa ao Japão que vão usar armas termonucleares contra Gojira. Não querendo ver as armas nucleares detonadas no Japão novamente, Patterson e Yaguchi decidem terminar seu plano, mesmo que isso ponha em risco suas carreiras.



 Eles provocam Gojira para que ele use sua respiração atômica até  se esgotar. A equipe então detona explosivos nos prédios próximos, derrubando Gojira e conseguindo assim injetar tanques de coagulante em sua boca. Apesar de muitas pessoas serem mortas no processo, o plano da equipe é bem sucedido e Gojira é congelado. O final ainda reserva uma surpresa...



*Shin Gojira é o 31º filme da franquia do Rei dos monstros, o 29º filme de Godzilla produzido pela Toho e o terceiro reboot do filme original. O título foi escolhido pelos múltiplos significados de "Shin", que tanto pode ser "novo", como "verdadeiro", ou "deus". A inspiração para o filme foi tirada do desastre nuclear de Fukushima; do terremoto e tsunami de 2011, e da situação política do Japão atual. É um filme sério, adulto e político, mas divertido- assim como o original de 1954- com as devidas críticas ao uso de armas atômicas e aos EUA atualizadas. Seu roteiro dispensa humanos super-heroicos; cientistas loucos; adolescentes; triângulos amorosos e dramas familiares, se concentrando em uma batalha científica e política para resolver uma tragédia viva que arrasa o Japão mais uma vez...
Os efeitos especiais são muito bons, e a concepção de Gojira segue inspirada no filme original, incluindo seu movimento pesado, seu "bafo atômico". 



 Shin Gojira foi lançado no Japão em 29 de julho de 2016, e recebeu aclamação da crítica japonesa, e foi um sucesso de bilheteria, tornando-se o filme Live-action japonês de maior bilheteria de 2016,  e a maior bilheteria da franquia japonesa de Godzilla-Gojira...O Rei dos Monstros Ressurge!!!!






quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Mini Monstros : A Segunda Parte!




                                "Estamos de volta!!!!! Hihihihihihihi!!!!"



"Sorority Babes In the Slimeball Bowl-O-Rama" (Imp- O Invasor do Espaço, 1988 de David DeCoteau...



Apesar dom título e releases nacionais, o Imp do título é um pequeno "gênio-da-garrafa-do mal"...neste caso, um gênio aprisionado em um troféu de boliche, e liberado por um bando de nerds.


A criaturinha (chamada "Tio Impie") utiliza o velho expediente de realizar 3 desejos mágicos, para matar e causar confusão entre os jovens...



Cult-trash divertido dos primórdios das produções diretas-para-o vídeo (na época, videocassete...), com as futuras "deusas" Scream Queens Linnea Quigley, Michelle Bauer e Brinke Stevens...




"Elves" (1989) de Jeffrey Mandel



3 Garotas libertam durante um acidentado ritual anti-natal, um primitivo Elfo maligno (um boneco sem movimentos e expressões,criado pelo especialista em animatrônicos Vincent J. Guastini!..e operado por mais de dez pessoas!?!!?!) que começa a aprontar...



...vamos somar a  esta estranha ceia natalina : um grupo de neo-nazistas que quer cruzar o Elfo com uma garota virgem para dar origem a tal de "raça perfeita"; um "papai-noel" desempregado (Dan Haggerty); uma pedra mágica e um avô sinistro...




"Beasties" (1989) de Steven Paul Contreras...



Outro caso de uma produção literalmente sem dinheiro que tentou pegar carona no gênero. Intitulado originalmente "Bionaut", mostra a chegada de alienígenas perigosos em uma área cheia de casais de namorados...



Gore, sexo e monstrinhos do espaço, em um filme trash que só foi distribuído em 1991 (e teria vendido somente 200 cópias em VHS...), sendo relançado a pouco em DVD e assumido ares de cult...




O produtor/diretor Charles Band, cabeça da Empire Pictures, depois Full Moon Entertaiment, tornou-se o maior especialista em pequenos monstros e filmes com bonecos/brinquedos assassinos. Mesmo em produções aonde o assunto principal não eram os monstros em miniatura, ele sempre conseguia colocar algum(ns)...



"Subspecies" (Subspecies- A Geração Vamp, 1990) de Ted Nicolaou, com Produção de Charles Band...


Uma trama sobre a briga de um poderoso clã de vampiros romenos (referências explícitas ao personagem Drácula...), aonde o vilãnesco & Nosferático vampiro Radu Vladislas (Anders Hove), rouba e utiliza a mítica "Pedra de Sangue" para seus fins maquiavélicos! 

Ops! Cadê os monstrinhos??? Bom, uma das armas de Radu são seus mini-escravos (demônios minúsculos criados no filme por uma combinação de efeitos de stop-motion e bonecos), e que apesar de darem nome ao filme (e série...), aparecem pouco...






...Dirigido pelo romeno Nicolaou ( e rodado na terra do Conde Drácula), Subspecies, seus vampiros e seus demoníacos minions, se tornou uma série com mais 3 filmes, um spin-off e uma série de histórias em quadrinhos...











Charles Band continuou com sua obsessão por mini monstros, e entre outros cometeu...

"Hideous!" (Hideous- Criaturas do Mal!, 1997) de Charles Band







"Totem" (1999) de David DeCoteau, produção de Band







"Shrieker" (1998) de David DeCoteau, produção de Band




"Decadent Evil" (2005) de Charles Band





O produtor/diretor mexicano Guillermo del Toro produziu a refilmagem de um pequeno (!) clássico esquecido do gênero: "Don't Be Afraid of the Dark" ( Não tenha Medo do Escuro, 2010) de Troy Nixey...





Recontando história do telefilme de 1973 ( ver primeira parte)...os homunculus, gremlins, minions, gnomos maus, demônios/aliens/monstros em miniatura...VIVEM!!!!!!
















quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Mini-Monstros : O Terror das Pequenas Grandes Criaturas! (Parte 1)

Quando pensamos nos monstros mais assustadores das telas, imaginamos quase sempre, criaturas enormes, tanto na estatura quanto em seu legado. Nós temos os monstros gigantes, as criaturas como Godzilla-King Kong-Dinossauros como suas técnicas de arrasar cidades e  esmagar pessoas ao longo do caminho. Ou lembramos de personagens como Drácula, o monstro de Frankenstein ou até mesmo Michael Myers-Jason-Freddy Krueger, seres sobrenaturais cuja contagem de corpos só está em desvantagem em relação ao seus números de franquias. Mas é importante não esquecer os pequenos monstros, porque eles podem ser tão maus, destrutivos e mortais como os grandões. Pior ainda? Você mal consegue vê-los chegando porque eles são tão pequeninos e sorrateiros...





Quando "Gremlins"  foi lançado em 1984, sua mistura de horror-comédia e suas criaturas baixinhas, bonitinhas & brutais acabou lançando todo um sub gênero de filmes sobre pequenos terrores.  Vamos falar aqui dos ameaçadores monstros em miniatura dos filmes,  que comprovam que o tamanho não é tudo, especialmente quando se trata de assassinar você! Excluímos desta seleção os filmes com "Bonecos Assassinos" como "Chucky", os bonequinhos ameaçadores da série "Puppetmaster" (1989- ? ) e similares, porque já fizemos um tratado sobre eles no nosso Blog Irmão (ou irmã ?!?) SHE DEMONS ZINE (link abaixo)...




Agora, CUIDADO: O Terror vai chegar em doses pequenas...

Um dos avôs de Gremlins & cia foi um filme feito para a TV:
"Don't Be Afraid of the Dark" (Não Tenha Medo da Escuridão/ Criaturas da Noite, 1973) de John Newland, produção da Lorimar Productions para a ABC TV...




Um casal herda uma mansão vitoriana, e ao tentar redecorar a casa, a esposa (Kim Darby) solta um bando de pequenos demônios/gremlins, que parecem estar ligados a antigos e trágicos acontecimentos no local...


As pequenas e sinistras criaturas foram vividas por atores anões (entre eles o famoso Felix Silla) com maquiagem especial de Michael Hancock..





"Gremlins" (1984) de Joe Dante, com produção de Steven Spielberg...



O reinado dos mini-monstros tem a sua frente toda a comitiva dos Gremlins.  Não há como negar que os tenebrosos e risonhos seres gerados a partir do amável Gizmo são os piores bichinhos que se pode imaginar ter por perto . 


Mais do que somente interessados em matar ou devorar humanos como os outros monstrinhos que os seguiram, os Gremlins são fundamentalmente criaturas anárquicas e debochadas, lançadas no meio da monótona e conformada classe média norte americana.


 Basta olhar para a forma como eles aterrorizaram a cidade de Kingston Falls. Claro que eles têm os seus momentos de patetas, mas apenas o pior dos piores pode conduzir uma pessoa agradável, como a mãe de Billy a jogar uma criatura viva dentro de um liquidificador!



"Ghoulies" (1984) de Luca Bercovici, com produção de Charles Band...


Os pequenos demônios (liberados de uma dimensão futura por magia negra) com dentes afiados e muito maus- modos foram criados  rapidamente na esteira dos Gremlins. 



Mas apesar do produtor Band afirmar  que todo o sucesso do filme e personagens tenha vindo através do engraçado poster original (!?), os bichinhos criados pelo maquiador John Carl Buechler (com muito pouco orçamento) ficaram muito populares! 





 "Critters" ( A Hora das Criaturas, 1986) saiu dois anos após Gremlins, mas o diretor Stephen Herek jura o script foi escrito antes Gremlins entrar em produção, e que ele realmente teve que reescreve-lo  para torná-lo menos parecido como Gremlins após o sucesso desse filme. 


De qualquer maneira, Critters - cujo nome alienígena é realmente Krites - diferem dos Gremlins de várias maneiras: em primeiro lugar, eles vieram do espaço.


 Em segundo lugar, eles têm caçadores de recompensa intergalácticas perseguindo-os.


 Em terceiro lugar, enquanto os Gremlins são felizes apenas em matar pessoas através de travessuras, os Critters (pequenas  "bolas de pelos & dentes",criadas pelos maquiadores "Chiodo Brothers"- Charles & Stephen Chiodo) definitivamente gostam de comer as pessoas vivas.




"Troll" ( Troll- O Mundo do Espanto, 1986) de John Carl Buechler, com Produção de Charles Band...





Troll contou uma historia bizarra sobre o mago Torok, transformado na pequena criatura (o famoso anão Phil Fondacaro com maquiagem do diretor... ) e  que possui uma menina e transforma os moradores de um prédio de apartamentos em criaturas míticas...




... até que ela consegue que  seu irmão, Harry Potter Jr. (!?!....Noah Hathaway, o mini-astro da fantasia "A História Sem Fim, de 1984), ajude-a a colocar um fim em toda a bagunça. 


 Não se deixe enganar por sua aparência relativamente inócua,  Torok faz jus a linhagem dos pequenos monstros perigosos...

"The Gate" (O Portão, 1987) de Tibor Takács


Dois garotos (um deles...Stephen Dorff, em seu primeiro papel no cinema!) libertam acidentalmente uma horda de demônios minúsculos, de um buraco no quintal, que é um portão do inferno...


Os monstrinhos causam grandes e sangrentos estragos na tentativa de dominar nosso mundo...


...mas os garotos possuem o poder do Heavy Metal com eles! Cult movie do então estreante diretor canadense. As diabólicas criaturinhas são um milagre dos efeitos especiais práticos...foram criadas por maquiagem e cenários com perspectiva forçada (foto abaixo)...



"Munchies" (Os Munchies, 1987) de Tina Hirsch, com Produção de Roger Corman...



Quando o lendário produtor Roger Corman resolveu investir no filão, ele como sempre poupou no orçamento, investiu no exploitation e espertamente (como sempre...) chamou a editora de "Gremlins" ( e que trabalhava com ele desde os anos 70) para sua estreia como diretora.


 Apesar do título, os Munchies começar como um único Munchie encontrado em um sítio arqueológico, mas  ele volta à vida como um monstrinho fofinho - tipo o Mogwai Gizmo.... 


...Até que ele é raptada pelo malvado Harvey Korman e cortadas em quatro, e suas peças se tornam quatro Munchies punks e arruaceiros que desenvolvem imediatamente o gosto por cigarros, bebidas e...mulheres! 


 Embora aparentemente ele tentam ser mais engraçados do que  os Gremlins, suas tentativas de humor são completamente aterrorizantes.

"Hobgoblins" (1988) de Rick Sloane...


Um bando de pequenos alienígenas aterrizam em nosso planeta, mas são trancados em um cofre por 30 anos...


Libertados acidentalmente, as coisinhas doentias e telepáticas atraem suas vítimas humanas projetando visões de seus desejos e fantasias...


...o argumento até parece legal, mas os Hobgoblins são os primos mais pobres dos Gremlins...Pobre da concepção das criaturinhas (construídas por Kenneth J. Hall, que trabalhara antes em Ghoulies, Critters...) até roteiro, elenco, etc...etc...O diretor/roteirista/produtor independente Sloane assume a culpa e colhe os louros pelo trabalho Cult-Trash...

Vamos continuar com outros tipos de mini-monstros, mas antes registrar alguns destaques em continuações...

"Critters 2" (Criaturas 2, 1988) de Mike Garris...mais bem produzido do que o filme original, e também mais divertido! Longa metragem de estreia do diretor Mick Garris...



"Gremlins 2  : The New Batch" ( Gremlins 2: A Nova Geração, 1990) de Joe Dante...Os Gremlins voltam com várias mutações, mais anarquia, piadas, citações e Christopher Lee como um cientista louco !!!!



"Troll 2" ( Trolls II, 1990) de Claudio Fragasso, com Produção de Joe D'Amato...Produção italiana originalmente intitulada "Goblins", realizada muito rapidamente e com parcos recursos. Não possui nenhum elemento em comum com o filme original. Mas é o típico caso de "tão-divertido-de-tão-ruim"!






"Critters 3" (Criaturas 3, 1991) de Kristine Peterson...Primeiro papel para o cinema de...Leonardo di Caprio...


"Munchie" (1992) e "Munchie Strikes Back" (1992) de Jim Winorski...




                  "heheheh...melhor nem comentar nada...vamos olhar outros..."














CONTINUA...
                  
"Se você perder a Segunda Parte...Olha o que te espera!"